Atendimento Online em Psiquiatria
Agendamento Online Instantâneo
Receita no Celular
Acessibilidade

As consultas online (teleconsultas)

A teleconsulta recém regulamentada no Brasil (Portaria Ministério da Saúde nº 467/2020 e Lei 13.989/20) e existente em outros países em centros médicos de excelência há muitos anos, ao ser exercida com responsabilidade, permite aumentar o acesso à assistência médica para as pessoas que podem ser cuidadas em seus próprios domicílios; e pode até mesmo, como estudos mostraram, aumentar a efetividade de alguns tratamentos; e ainda reduzir, dependendo do contexto, os riscos de contaminação para pacientes e profissionais de saúde.

As responsabilidades do médico na teleconsulta são idênticas às da consulta tradicional presencial e o zelo pela segurança e qualidade em ambas situações deve ser igual.

Como funcionam as consultas online

As consultas a distância são realizadas através de portal de empresa de telemedicina norte-americana, em conformidade com os padrões internacionais de segurança para informações médicas (HIPAA, GDPR, PHIPA/PIPEDA, & HITECH), garantindo o emprego de avançados recursos para a segurança, qualidade e confidencialidade do processo, e sem nenhuma gravação de som, imagem ou vídeo.

Para agendar, basta clicar no botão/barra em verde abaixo ou acima para agendamento online, valor da teleconsulta e instruções. A consulta se iniciará por vídeo e som seguros no computador, celular ou tablet, sem a necessidade de downloads/ instalações. O pagamento é feito em ambiente seguro  através de PayPal (cartão crédito/ débito) ou Pix. Se indicada a prescrição de medicamentos controlados, esta é realizada com certificação digital sempre que possível, agilizando o acesso à receita a distância.

É importante saber

A teleconsulta psiquiátrica, em que o paciente está em seu domicílio ou em local sem equipe de profissionais de saúde, possui limitações importantes. Ela não é o método apropriado para conduzir o tratamento nas situações de emergência, isto é, quando o transtorno psiquiátrico traz risco imediato para o próprio paciente ou para outras pessoas. Por exemplo, quando há agressividade importante contra outras pessoas ou contra si próprio, incluindo suicídio; se há uma grande incapacidade de cooperar com o entrevistador ou aderir ao tratamento; ou ainda em casos de sintomas psíquicos de enfermidades não psiquiátricas de início súbito; entre outras situações.

Outra limitação da teleconsulta é que nem todos os medicamentos controlados podem ter seu acesso a distância facilitado pela prescrição com certificação digital.

Responsável: Dr. Carlos Horta Lima, CRM-SP 59338 RQE 85557 (Psiquiatria)

Membro e Fellow da American Psychiatric Association

Formação em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School

Treinamento em Medicina da Dor pela Central da Dor do Hospital A.C. Camargo

Residência médica

em Psiquiatria pelo IAMSPE – Hospital do Servidor Público Estadual

Médico pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Experiência Clínica em Instituição

Medicina da Dor e Psiquiatria: Central da Dor, Hospital A.C. Camargo: 2000-2012

Medicina da Dor: Hospital da Mulher (Pérola Byington): 2008-2023.

Experiência na Indústria Farmacêutica

Moksha8 Farmacêutica, Diretor Médico Associado e Responsável pela Farmacovigilância, 2011-19

Laboratórios Abbott/ Solvay Farmacêutica, Gerente Médico, 2008-11

Teva Farmacêutica, Gerente Médico, 2006-8

Laboratórios Aché/ Biosintética Farmacêutica, Gerente Médico, 2000-06

Problemas Comumente Atendidos (Adultos)

Depressão

Transtorno de Pânico

Transtorno de Ansiedade Generalizada

Transtorno de Ansiedade Social

Transtorno Obsessivo-Compulsivo

Transtorno Bipolar

Dor Crônica

Dor Oncológica

Entre outros

Ou agende uma consulta presencial:

WhatsApp: (11) 5561-2135
[email protected]
Consultório: Av. Onze de Junho, 1070, Vila Clementino, São Paulo, 04041-004, SP.